This is an example of a HTML caption with a link.

No Rosto do Outro

Projeto do Padre Abel

Caríssimas Amigas e Irmãs do Senhor

Image 01 Image 01 Image 01
O mundo constrói-se com os outros!
Os outros têm sempre um rosto.
O rosto dos outros comunica sempre uma linguagem!
A linguagem do rosto dos outros só se escuta, só se percebe quando nos damos conta que o mundo só se constrói com eles. Nas suas necessidades e nas suas carências, descobrimos o que falta para construir o mundo, porque no rosto dos outros encontramos a linguagem comum a todos os homens:
-A linguagem do desafio e do compromisso, capazes de:
-mudar a realidade, -Vencer a indiferença,
-Aproximar diferenças, -Lançar pontes de comunicação e solidariedde,
-Assumir o desafio do sonho comum do novo e do verdadeiro humanismo.
-Fortalecer compromissos, -e praticar o que é dever comum: a construção desse mundo desde sempre proposto por Deus e perseguido pelos homens.
 
AINDA É TEMPO
PARA, JUNTOS,
ASSUMIRMOS A ELOQUENTE
LINGUAGEM DOS ROSTOS
DAQUELES
QUE NOS APROXIMAM
SUAS NECESSIDADES
E SUAS CARÊNCIAS,
PARA DEVOLVERMOS
AO MUNDO SUA BELEZA
ORIGINAL: FRATERNIDADE.
S. Julião da Barra e a Paróquia de Santo Estevão, em Benguela, a terra que nos deu os nossos 2 Pastores: Pe. Nuno, o nosso Pároco e o Pe. Raimundo, nosso Vigário Paroquial. O Pe. Abel, Pároco de Santo Estevão, recebeu, da parte de Deus, um sonho.
O sonho de levar dignidade à vida das pessoas da sua comunidade. Pessoas com rosto e história de vida que o Pe. Abel conhece, acolhe, acompanha e procura dar resposta. Um Pastor que guarda em si o cheiro das suas ovelhas.
Para a realização do sonho que Deus lhe deu, entre outras obras, o Pe. Abel construiu uma escola.
Mas a escola teve de ser ampliada para dar resposta às necessidades da comunidade de Santo Estevão e periferias.
Para as obras de ampliação receberam um apoio de cerca de 178.000,00 das crianças da Alemanha, mas com os custos de material e mão de obra a subirem de dia para dia, esse valor rapidamente se esgotou e neste momento a Escola Paroquial de Santo Estevão tem necessidade urgente de terminar a construção de 8 salas, nomeadamente através da colocação do pavimento; portas e janelas.
Sem este material, correm o risco de no próximo ano letivo, que se inicia em Março de 2017, terem de deixar de fora muitas centenas de alunos.
A travessia desta ponte está acessível a todos.
Quem quiser contribuir para a realização deste sonho nascido da vontade de Deus, pode enviar o seu donativo para: NIB: 0035 0454 00002902030 57 (Titular da Conta - Paróquia de São Julião da Barra) - Indicar no descritivo: "BENGUELA" Portas e Janelas (6.100.000,00 AON - Kuanza Angolano) 34.189,57 € Mosaico (5.830.880,00 AON - Kuanza Angolano) 32.681,19 € “Às vezes pensamos que para sermos missionários temos de ir para África, mas afinal
África veio até nós”.
 
Pe. Tovar de Lemos, S.J.
O Senhor vos conceda a graça de experimentardes a Sua Paz e a Sua Consolação em todas as circunstâncias da vossa vida. Ele vos conceda a graça de uma saúde corporal de acordo com as vossas necessidades. Aqui, prossigo a marcha, procurando motivos para seguir em frente em cada situação que se vai apresentando e juntando ao conjunto dos desafios que com os outros irmãos, membros da nossa comunidade vamos assumindo.
Olhai, hoje envio-vos uma partilha de um estudo que me anima há três anos. Trata-se de um estudo em que procuro aproximar as pessoas da realidade de cada aluno, para dentro dos números superar o que o número é em si e entrar em contacto com rostos que nos interpelam e ajudam a descobrir outros mundos que nos atraem, gerando compromissos ou, pelo menos, nos ajudam a contemplar rostos que comunicam uma linguagem em forma de apelo.Sei que se trata de uma leitura que cansa. Mas acredito que, como bagagem colocada no meio da ponte, terá de ser levantada para que a passagem seja possível.
A Terceira parte do Estudo efetuada ao longo deste ano é muito extensa e exige uma leitura gráfica.
Deste Estudo envio-vos algumas amostras dos alunos do Primeiro Ciclo - Sétimo a Nono Ano – moradores nos bairros mais distantes. Envio Scaneado. Encontrareis, na leitura dessas amostras, alguns indicadores das fraquezas dos nossos alunos em matéria de expressão gramatical. O interesse desse estudo e para o qual busco compromissos de solidariedade, é a descrição da situação social de cada aluno, a partir do que ele mesmo descreve sobre o seu viver familiar.
Parece um sonho atrevido, mas estou a procura de alguém no mundo disposto a embarcar na realização desta Utopia. Iniciei aqui dentro de Angola, dirigindo-me aos Supermercados. Pedi leite, bolacha e mais… para assegurar algo simples e barato - dando – a cada um desses alunos identificados com o número 600.
A partir do estudo estou a tentar envolver pessoas de outros lugares na montagem de um contentor com leite, bolacha, óleo vegetal, arroz, açúcar… … . Se esta ponte alimentar funcionar, eu envolverei outras pessoas a pagarem o transporte até Angola.
É uma Utopia louca não verdade? Ouvi há alguns anos em meu tempo de estudante que Platão na sua obra a República disse que as utopias têm uma força que anima para a frente, que quando pensamos que já alcançamos o objetivo elas nos obrigam a prosseguir para a frente.
Aqui está a insatisfação do coração humano no compromisso com o Evangelho: as necessidades dos outros são o lugar teológico do diálogo com Deus que está neles e nas suas situações.
Por favor, se souberdes de alguém disponível e tocado pela paixão do outro como lugar de encontro com o mundo novo, por falai-lhe da possibilidade de estender pontes no TÚNEL que ele está atravessar, para que na saída encontre luzes de alegria e de consolação a acolherem a sua entrada na luz da fraternidade. Com muita estima e confiança peço por vós ao Senhor.

 

Do Outro Lado da Ponte | 2017 - Site criado por: João Ramos - 966 7789 15